Tudo o que necessita saber sobre Juros Compostos

Juros compostos: o que são, como podemos usufruir deles e porque são tão importantes

Quando pensamos em obter ou realizar dinheiro, muitas vezes questionamo-nos como é possível obter maiores lucros com o mesmo valor num específico prazo de tempo. Uma das formas mais eficazes independentemente do tipo de investimento em si é olhar para a diferença entre juros simples e os juros compostos. Juros simples é a fórmula que a maioria das pessoas utiliza quando investe. Neste artigo vamos abordar tudo sobre juros compostos, como é que o valor que investimos cresce de forma mais rápida e onde investir.

O que são juros compostos

Juros compostos é investirmos um valor e esse valor normalmente retornar uma taxa de juro ou um dividendo que irá ser reinvestido de novo no mesmo investimento ou em outros. Ou até mesmo ter um produto financeiro que já faz isso por si, portanto não lhe devolve a taxa de juro mas sim reinveste no mesmo produto esse valor.

Como calcular

Exemplo prático:

  • Investidor A investiu 100$
  • A taxa de juro retorna 10% (= 10€)
  • Ou seja, vai ficar com 110$
  • Investidor A decide voltar a reinvestir os 110$
  • A taxa de juro retorna na mesma os 10% (= 11€)

Ou seja, mesmo valor utilizado para investir, que foram os 100$, mas como reutilizou a taxa de juro para pertencer ao bolo do investimento, a rentabilidade aumentou. Ao longo do tempo, o valor vai aumentando exponencialmente.

Para fazer o cálculo de juros compostos pode consultar esta calculadora online: Calculadora Juros Compostos.

Exemplos

AnoValor InvestidoTaxa de juro
1$10.000$500
2$10.500$525
3$11.025$551
4$11.576$578
5$12.155$607
6$12.762$638
10$15.513$755
20$25.269$1.263
30$41.161$2.058
50$109.213$5.460
100$1.252.392$62.619
*5% taxa de juro composto anual

Onde investir para obter juros compostos

Produtos financeiros nos bancos

Os bancos por vezes têm contas de investimento que fornecem juros compostos, não é algo muito tradicional mas às vezes existem esses produtos. Não se esqueça de ler todas as condições e o risco do mesmo.

ETFs

Antes de investir num ETF consegue à partida saber se é aculumativo ou não. Normalemente o seu título tem a palavra “Acc” que significa acumulativo, se não tiver nada, leia as características do produto pois ele dirá se é acumulativo ou não. Em todo o caso, estes ETFs usam os dividendos que não distribuiem para reinvestir no produto que comprou. Desta forma estará a utilizar a fórmula de juros compostos e tem a vantagem que não paga impostos sobre esses dividendos reinvestidos.

Investir por si próprio

Por fim, tem a possibilidade de trabalhar sobre juros compostos por si próprio, ou seja, nunca mas nunca retirar o valor investido e/ou os seus dividendos ou taxas de juro recebidas e sim continuar a reinvestir no mesmo produto ou em outros. Tente sempre não deixar esse dinheiro acumular na sua conta de investimentos sem realmente não investir em algum produto, pois aí o juro composto não estará a trabalhar para si. Neste caso, pode utilizar esta estratégia em diferentes produtos financeiros:

“A 8ª Maravilha do Mundo. Quem a entender, receberá; Quem não a entender, pagará.”

– Albert Einstein

Q&A sobre juros compostos

Diferença entre juros compostos e juros simples

A diferença é que nos juros simples nós recebemos os juros e não voltamos a reinvestir, normalmente está associado a contas poupança, em que o juro vem para a nossa conta à ordem e a nossa conta poupança continua com o mesmo valor investido ao longo do tempo. Já os juros compostos, como dito, é ou ter um investimento que nunca nos dê o valor da nossa taxa de juro e reinvista no mesmo produto o valor e só quando decidimos acabar o investimento ou quando chegou à sua data de termito é que recebemos o valor investido + todos os rendimentos provenientes da taxa de juro desse investimento ou até mesmo quando investimos num produto financeiro e recebemos dividendos do mesmo voltamos a comprar mais produtos. Dessa forma temos o dinheiro a trabalhar para nós.

Poupança são juros compostos

Sei que às vezes há esta questão e não, poupança não são juros compostos. Poupança é apenas uma parcela do nosso património que não gastamos e que com ela é possível realizar sonhos incríveis! Para ler mais sobre poupanças recomendo o seguinte artigo: Tudo sobre Poupança.

Porque os juros compostos são tão importantes?

Estes permitem um crescimento exponencial do nosso rendimento ao ponto de ultrapassar o valor investido quando atinge determinada maturidade. O truque é o tempo e não tanto o valor investido, daí que quanto mais cedo começar a investir melhor! Como mostramos na tabela acima ao fim de alguns anos é fantástico o valor realizado através dos juros compostos.

$$$

Deixa o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.