Toshl Review 2020 – Gestão de Finanças Pessoais

Toshl Review 2020 - App para gestão de finanças pessoais

Em 2017 estava à procura de uma aplicação em que pudesse fazer a minha gestão de finanças pessoais e após alguma pesquisa descobri a toshl finance. Desde aí utilizo-a até hoje.
A Toshl é uma aplicação que permite fazer gestão das nossas finanças pessoais, ter ligação direta aos nossos bancos para automatizar o processo (se quiserem) e que nos permite perceber o fundamental: quanto conseguimos poupar por mês e em que é que gastamos o nosso dinheiro.
É uma aplicação que dá para ter na web e em mobile e até hoje não tive qualquer problema em usá-la. Super simples e prática.
Este artigo vai visar uma das apps que mais gosto de usar no dia-a-dia: Toshl, a app de gestão de finanças pessoais.


Há 3 ecrãs principais:

  • Monthly Overview: dá o valor total do mês em ganhos e gastos e mostra se a conta está positiva ou negativa;
  • Expenses: mostra um gráfico das despesas feitas e a respectiva categoria delas;
  • Income: mostra os rendimentos ganhos e a sua categoria;

Desses três menus eu uso com maior regularidade o menu das despesas (visto que sempre que tenho uma despesa coloco o valor na aplicação) e o de rendimento (que normalmente uso só para quando recebo o meu ordenado ou até mesmo outro rendimento extra).

Menu das despesas

Para colocar uma nova despesa basta clicar no botão +.


É muito importante darmos categorias aos nossos gastos da maneira como preferirmos. Eu separo o que é gastos de almoço e jantar; o que é gastos de saídas à noite; mercearias; gasolina; etc. para conseguir perceber a categoria durante um mês que teve maior valor. Isto, irá ajudar-me a tomar melhores decisões no futuro para controlo de gastos.
As tags eu não costumo usar excepto se estou no exterior.

Por exemplo:

Viajo para Barcelona, adiciono então uma tag nova com o nome Barcelona2020. Sempre que gasto dinheiro com qualquer coisa durante a minha estadia em Barcelona deverei adicionar essa tag que já tinha sido previamente criada. Porquê? Porque eu assim no fim da viagem consigo saber quanto gastei especificamente em relação a essa estadia. Super prático.

Por fim, após colocar a despesa coloco a data e clico no botão salvar.
Uma vez tendo categorias e tags ja criadas é super simples e pratico de usar. É só uma questão de hábito.


Menu de Rendimentos

Em relação à secção de rendimentos é igual a maneira como os ecrãs trabalham. Neste caso para o contexto positivo :).
E aqui, eu tbm gosto de separar diferentes rendimentos.

Por exemplo:

  • Separo o que é subsídio de alimentação do ordenado;
  • Retorno de algum investimento que fiz;
  • IRS se naquele ano for positivo;
  • Bónus salarial;
  • Etc.

    O que é fundamental é nós criarmos algo que se adeque ao nosso perfil, da maneira como gostamos para se tornar um hábito saudável e natural. Eu faço isto desde 2017, o que faz com que hoje para mim isto seja super natural e parte do meu dia-a-dia.

Benefícios de termos uma gestão de finanças pessoal:

  • Possibilidade de acompanhar os nossos gastos durante o mês;
  • Conseguimos perceber quanto conseguimos poupar;
  • Obtemos claramente uma visão mais abrangida de qual é normalmente o mês de maiores gastos e porquê;
  • Quanto mais controlarmos e termos a noção da nossa carteira financeira maior a probabilidade de a gerirmos melhor e de ter gastos mais conscientes.

Partilha se já usas alguma aplicação para a tua gestão financeira ou até mesmo um excel e como te sentes ao conseguires fazer esse controlo mensal.

Desejo a todos excelentes Investimentos 🙂 $$$

Deixa o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.