3 Passos para Começar a Investir

3 passos fundamentais para começar a investir hoje mesmo!

Antes de ter começado a investir em diferentes plataformas e de diferentes formas a primeira coisa que fiz foi tentar informar-me sobre os primeiros passos a dar. Sem nos informarmos a probabilidade de errarmos cresce exponencialmente. Então comecei por perceber que há 3 passos para começar a investir:

  • Ter uma reserva de emergência;
  • Fazer gestão das minhas finanças/gastos por mês;
  • Perceber quanto posso disponibilizar para investir por mês

Ter uma reserva de emergência:

Ter uma reserva de emergência é das coisas mais importantes antes de começar a investir. Mesmo que não sejamos pessoas de investir o nosso dinheiro de uma forma mais arriscada, a razão é muito clara: reserva de emergência existe para nos dar um pouco de estabilidade emocional e motivar-nos para irmos além desse valor.

Deve existir para o caso de termos alguma emergência inesperada e deve ser mantida de forma segura, em que possamos aceder a esse valor em 1 ou 2 dias facilmente. Nunca deverá ser um valor a investir em algo arriscado.

Valor da reserva de emergência: deverá ser o valor em média dos gastos que temos por mês x 6 meses. Isto para uma pessoa com um perfil mais conservador, como eu por exemplo. A razão pelo qual vários livros e estudos apontam para este valor é por assegurarmos que temos valor suficiente para vivermos por 6 meses mesmo que não obtivéssemos nenhum rendimento durante esse periodo de tempo.

Exemplo:
Rendimento por mês = 1000€
Gastos por mês = 700€
Reserva de emergência = 700€ x 6 = 4200€

Gestão de finanças/gastos ao mês:

Para quem não tem uma aplicação ou até mesmo um excel de gestão de gastos por mês, agora é a altura perfeita para isso! Perceber quanto em média gastamos por mês é essencial. Verificar o valor que gastamos por mês por categoria (restauração, renda, carro, etc.) para conseguirmos ter maior consciência dos gastos e podermos gerir melhor os nossos recursos.

Com esta informação conseguimos perceber quanto normalmente poupamos por mês e quanto desse valor poderá ser usado para investimento.
No blog é possível encontrar um artigo sobre a app que uso de forma gratuita para gestão das minhas finanças pessoais: Toshl App.

Valor a investir mensalmente:

Com a reserva de emergência alcançada e com a gestão de gastos por mês, consigo perfeitamente perceber o valor que estou disposta a usar para investir mensalmente.

Normalmente diz-se que cada um de nós deveria utilizar 10% do nosso rendimento fixo para poupar/investir. E até aí tudo bem se vocês tiverem hipóteses de o fazer.

Mas atenção: há múltiplos tipos de investimento, pelo que depende do tipo de investidor que somos (conservadores ou mais agressivos) para perceber por onde separamos esses 10%.

Tenta descobrir o valor que consegues poupar por mês e o valor que estás disposto/a a investir.

Em resumo: ter uma reserva de emergência, gerir os gastos por mês e decidir o valor que estão dispostos a investir, sabendo sempre que estão a arriscar, porque como em todos os investimentos há sempre um risco associado.

Desejo a todos excelentes investimentos$$$

Deixa o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.