17 Estratégias para Poupar Dinheiro

Formas de poupar dinheiro: 17 diferentes estratégias

Já está farto de tentar poupar dinheiro de forma mais óbvia, que é simplesmente deixar de fazer as coisas que gosta? E se houvesse diferentes alternativas que juntas conseguem fazê-lo poupar dinheiro de forma simples e fácil? Neste artigo estão 17 estratégias para poupar dinheiro mensalmente. Aplique e veja os resultados!

Estratégia #1 – Livre-se de contas bancárias que têm comissões

Hoje em dia existem várias entidades bancárias das quais não se pagam comissões mensais (gestão de conta). É importante procurar alternativas que sejam gratuitas, ou pelo menos, se tiver 2 contas bancárias, apenas que 1 delas tenha comissões mensais. Evite este gasto extra visto que não trás benefício nenhum.

No blog já falei de duas apps bancárias completamente gratuitas, a N26 e a Revolut. Se quiser ler os artigos e aderir:


Estratégia #2 – Aponte todas as despesas mensais

Para conseguir ter uma realidade de tudo o que entra na sua carteira e tudo o que sai é essencial ter uma aplicação de gestão financeira ou até mesmo um excel. Eu já coloquei um artigo no blog sobre a importância de se fazer uma gestão financeira e ter um maior controlo ao nível dos gastos mensais. Se conseguir ter uma maior noção dos seus gastos consegue depois tomar melhores decisões financeiras e ao nível das suas poupanças

Para ler o artigo sobre a app gratuita que eu utilizo há vários anos:


Estratégia #3 – Tenha um mealheiro

Muitas pessoas não gostam de hoje em dia andar com dinheiro na carteira e maioritariamente com moedas. Não use os trocos que tem. Todos os dias ou semanalmente vá à sua carteira e tire todos os trocos de lá e coloque no mealheiro. O mesmo com as notas de 5€. Se fizer isto semanalmente ao fim do mês é possível ter algum valor poupado. Quando tiver cheio, vá ao banco e deposite esse valor numa conta que seja ou de poupança, ou faça um investimento mais rentável que seja do seu agrado (ações, ETFs, p2p lending, etc.).

Para ler sobre diferentes tipos de investimento com pouco dinheiro:


Estratégia #4 – Tenha diferentes contas bancárias para diferentes objetivos

Se só tivermos 1 conta bancária pode ser difícil obter poupanças e mantê-las, pois temos sempre a tendência a misturar tópicos diferentes. Melhor maneira de manter a sua poupança e objetivos pessoais é ter contas diferentes:

  • Obtenha uma conta para o seu fundo de emergência.
  • Crie uma conta para objetivos pessoais (poupar X ate Y tempo, por exemplo);
  • Tenha uma conta para algo mais divertido (férias, viagem de sonho, carro, entrada para uma casa, algo que para si quando atingir esse valor se sentirá super motivado e orgulhoso, como se fosse um prémio por ter gerido tão bem as suas contas).

Se todas essas contas forem gratuitas ao nível de comissões, o que é que custa ter 3 ou 4 contas? Pense nisso.

Para ler o artigo sobre como criar um fundo de emergência:


Estratégia #5 – Tenha uma Conta Poupança

Há sempre uma conta que é a principal. Normalmente associamos a nossa conta principal como aquela que recebe o nosso vencimento mensal.
Dessa conta é importante dividir para reinar: X% para a nossa conta Poupança, Y% para objectivos pessoais, z% para fundo de emergência. A conta poupança deverá ser aquela que é a segunda mais importante. Pois é dela que iremos dividir para outras contas. Por exemplo:

Se sobrar algum dinheiro da conta principal mensalmente divida pelas restantes ou foque-se na que é a mais importante na atual situação em que está. Defina os valores mensais para cada uma delas. Eu sei que parece que quantas mais contas que tenha que não consegue colocar dinheiro em todas. Tudo depende dos seus objetivos! Não tem que colocar valores elevados em cada uma delas. Coloque o que consegue. Com o tempo verá que o valor irá crescer em cada uma delas. O que custa é começar!


Estratégia #6 – Utilize promoções e vales de desconto

Todos os supermercados têm cartões de fidelização onde dão descontos de X% nas compras feitas numa determinada altura do mês, e descontos específicos em produtos ou categorias de produtos numa outra altura ou alturas do mês.
Importante é ver se todos os locais onde gasta o seu dinheiro em troca de produtos se têm esses cartões de fidelização e se têm alturas do mês onde fazem descontos pois é isso que o fará poupar algum dinheiro. A ideia é ter um planeamento nas compras que faz e quando as faz de modo a usufruir os descontos.


Estratégia #7 – Faça uma lista de compras

Evitar ir a um supermercado sem lista de compras! Isso faz com que se gaste dinheiro desnecessário em produtos que nem precisavamos. É importante fazer uma lista e cumpri-la. Planeie essa lista juntamente com o que o supermercado tem em desconto. Precisa de produtos de limpeza? Verifique quais estão em desconto antes de ir ao supermercado e analise se são boas opções para si. Faça isto para todas as categorias de produtos que precisa.


Estratégia #8 – Utilize a regra das 48 horas

Antes de decidir fazer alguma compra online (sem ser supermercado) espere por 48 horas antes de efetuar a compra, pois é muito fácil atraves de compras online não resistir e ser apenas uma compra por impulso.
Quantas vezes comprou produtos por impulso? Que realmente não precisava ou só usou 1 vez e ficou encostado sem utilização? Muitas dessas compras foram por impulsividade. Se ao fim das 48 horas sentir a mesma necessidade de compra, então a probabilidade de ser uma necessidade real e não uma necessidade impulsiva é maior.


Estratégia #9 – Mantenha um valor fixo para snacks

Não é por querermos fazer melhores poupanças que não podemos comprar snacks, ou comfort food de vez em quando. Coloque um valor fixo mensal para isso e faça a sua lista de comfort food que mais gosta. Comprometa-se a cumprir esse planeamento e vai ver que irá ver poupanças logo no primeiro mês.


Estratégia #10 – Evite ir ao supermercado todos os dias

Lembre-se: Sempre que vai ao supermercado vai gastar dinheiro. É importante por isso além de fazer a lista de compras apenas ir ao supermercado no máximo 1 vez por semana. Quanto menos vezes ao mês melhor. Defina a lista, olhe para as promoções e compre os principais produtos (os que têm validade maior) para o mês inteiro. Se precisa de ir 1 vez por semana que seja por produtos que têm menos validade (produtos frescos, pão, etc.)


Estratégia #11 – Estabeleça regras semanais

Melhor maneira de conseguir alcançar poupanças mensais é desconstruir o mês em semanas e aplicar regras na mesma. E não têm que ser consideradas más. Apenas tem que aplicar regras das quais não se torna impossível alcançá-las.
Por exemplo: Imaginemos a situação de pedirmos take-away 2 vezes por semana. É sempre um gasto extra, mas adoramos , certo? Então se reduzirmos para 1 vez por semana? Custa assim tanto? Escolhemos o dia preferido para pedir take-away e “marcamos” esse dia como o dia em que não cozinhamos.

A partir desse momento, em que colocamos na nossa mente que esse dia é o dia de take-away, sempre que o fizermos sentimos que estamos a dar-nos um presente a nós próprios porque passamos a semana toda a cozinhar e respeitámos o nosso objetivo financeiro!
Há várias formas de fazermos a nossa gestão financeira sem que seja um esforço brutal e odiemos o que estamos a fazer. Basta observar o nosso comportamento, ver até onde vamos mas ter na mesma prazer no nosso dia-a-dia e não sentirmos uma prisão ao estarmos a poupar. E sempre que derem a vocês próprios estas “prendas” irão valorizar muito mais o gesto. Pratique e verá!


Estratégia #12 – Tenha noção de quanto ganha por dia

Sabe quanto ganha por dia? Já fez esses cálculos? Quando queremos usar diferentes estratégias para conseguir poupar de forma gradual e consciente um fator emotivo muito forte é ter consciência de quanto se ganha por dia. Quando o dia me corre muito mal o meu pensamento é: “Ao menos ganhei X.” Ver sempre o copo meio cheio. E com isso sermos mais conscientes nas nossas ações. A partir do momento em que saibam quanto ganham por dia, vão olhar para os preços de forma diferente.

Exemplo:
Vamos imaginar que ganham 50€ ao dia. A partir do momento em que tenham essa consciência todas as vezes que vão tomar a decisão de compra irão pensar no valor que ganham por dia e irão comparar a esse valor e analisar de está muito acima do valor diário e se vale o trabalho praticado para ganhar esse valor do qual querem usar num produto ou serviço.

Por exemplo, se comprarem uma TV. Essa TV custa 200€. São 4 dias de trabalho. A primeira coisa a passar na nossa cabeça é: vale a pena trabalhar 4 dias para comprar esta TV? A resposta não é relevante para mostrar este exemplo, porque depois estará na necessidade de cada um tomar cada uma destas decisões, mas torna a visão mais real na tomada da decisão.


Estratégia #13 – Pague primeiro a si

Muitas vezes pensamos: primeira coisa que tenho que fazer assim que recebo o meu salário é pagar as minhas despesas ou as minhas dívidas. Claro que são importantes, não me levem muito a peito com isto, mas a ideia é: se eu pagar primeiro a mim própria um valor, depois tenho que correr atrás para pagar as minhas despesas e dívidas (se as tiver). Logo, irei esforçar-me ainda mais para conseguir alcançar isso (extra trabalho, extra horas, etc.).
Mas se eu pagar primeiro as minhas despesas e dívidas, e não sobrar nada no final do mês, adio o meu objectivo: poupar, alcançar objectivos pessoais, investir, ter férias, viajar, alcançar liberdade financeira, etc.

Pegue numa percentagem por mês e pague primeiro a si para conseguir alcançar os seus objectivos e corra atrás do que falta para as suas despesas mensais. Em situações que geram mais adrenalina o ser humano é capaz de coisas bem mais criativas.


Estratégia #14 – Crie objetivos pessoais

Super importante para o estímulo de começar a poupar! Divida esses objetivos mensais em:

  • Lúdicos (Férias, viagens, concertos);
  • Objetivos financeiros de curto prazo;
  • Objetivos financeiros de médio-longo prazo;

No início esqueça os objetivos de médio/longo prazo, pois os de curto prazo irão ajudar a alcançar esses objetivos. Mantenha os objetivos lúdicos em paralelo com os objetivos financeiros de curto prazo, como por exemplo conseguir poupar 1000€ em 3 meses.
Isto é só um exemplo, verifiquem as vossas contas e coloquem esses objetivos. Não podem ser impossíveis nem tão pouco muito fáceis de serem alcançados. Coloquem algum challenge nesses desafios, para vos obrigar a tomarem algumas medidas conscientes ao longo do tempo.

Ao mesmo tempo do objetivo financeiro mantenham um objetivo lúdico. No início talvez algo de menor custo (viagem mais barata, férias em locais com custos mais reduzidos, ou ate mesmo concertos, festivais, algo que adorem fazer). Uma vez que alcançam o objectivo financeiro , podem “presenciar-se” com o objectivo lúdico e aproveitá-lo. 🙂 Bela forma de se motivarem!


Estratégia #15 – Leve almoço de casa para o trabalho

Esta é das estratégias mais simples e que a maioria das pessoas pratica hoje em dia. Levar almoço para o trabalho, bem como extra snacks, sem ter que gastar dinheiro nenhum desde que sai de casa para ir trabalhar até que regresse é uma boa maneira de se manter “em linha” e conseguir poupar mais ao fim do mês.

Se é uma pessoa que costuma comer for a todos os dias tem 2 opções possiveis que pode praticar, ou coloca um limite no valor que vai gastar ao almoço e tenta sempre não passar esse limite, ou leva almoço 4 dias por semana e poderá presentiar-se com 1 vez por semana a ir comer fora. Ambos exigem mudança e esforço, mas é sempre interessante tentar ambas as soluções em semanas diferentes e ver o valor poupado para ver se compensa. Sejam criativos! 🙂


Estratégia #16 – Utilize os transportes públicos

Ter carro é algo comum e a ideia não é proibir ninguém de ter carro, mas sim perceber os momentos onde compensa mais usar o carro (férias, viajar pelo país, passeios ao fim de semana, etc.). Verifique com o seu chefe e o trabalho que tem se pode trabalhar de casa algum dia da semana e se nos dias que tem que ir para o escritório se pode usar os transportes públicos para o fazer. Associar o carro a gastos de diversão (como a utilização durante o fim de semana maioritariamente) ajuda no processo de estabelecimento de poupanças e a encontrar diferentes alternativas.


Estratégia #17 – Tornar as estratégias para poupar dinheiro atrativas para si

Terá sempre maior probabilidade de sucesso se colocar qualquer estratégia de poupança ao seu estilo e personalidade. Quanto mais as adaptar a si, maior o sucesso e menor o esforço. Tenha sempre em mente que a ideia não é implementar um castigo e que poupar não é dificil e não exige deixar de se fazer as coisas que se gosta. É sim uma maior consciência e gestão dos gastos.

Pequenas ações hoje para que daqui a 6 meses poderá ver mudanças que nunca imaginou conseguir alcançar. Liste todas as atividades semanais que realiza em que gasta dinheiro. E veja quais consegue reduzir, quais consegue alterar para alternativas mais baratas ou até mesmo gratuitas, quais consegue descontos e quais pode eliminar completamente. Tudo depende de si, dos seus gostos e do que é prioritário para si.

Espero que tenham gostado destas 17 Estratégias para poupar dinheiro. Deixem o vosso comentário quais delas já pratica e quais irá adaptar ao seu estilo de vida.

Desejo-vos excelentes investimentos!!! $$$

Deixa o teu comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.